uma bela maneira de começar o dia

à porta da casa de banho:
- mamã, anda ver os buracos (com as mãos atrás das costas).
- ??? quais buracos? questiono eu.
(volta-se e vejo a tesoura de cortar as unhas na mão direita)
fico a pensar no cenário que me espera pois já percebi que deve ter cortado algo.
entro no quarto e deparo com o lençol todo rendilhado...
- olha mamã! diz com uma espécie de orgulho pela obra feita.
nem sei o que me passou pela cabeça... acabaram logo os desenhos animados. não teve voto na matéria na saia que ía vestir. e andou "pianinho" até sairmos de casa.
isto depois de a ter castigado - fica sem tv - e de andar a procurar pelo pai a chorar desalmadamente.
é o que eu digo qualquer dia tenho a comissão de menores a bater-me à porta por queixa de um vizinho!