Violeta


hoje provou do seu próprio "veneno"...
sábado passado teve finalmente o presente comprado em Dezembro!
tenho pena, muita pena mesmo, de não ter registado em fotografia a carinha de espanto dela quando ouviu a Violeta dizer "olá mamã". tão cedo não vou esquecer como levou as mãos à boca incrédula com o que via...
mas. hoje provou do seu próprio "veneno"...
programei a Violeta para ter uma hora para se deitar e outra para acordar. a alvorada é às 8:00 e se no domingo e segunda-feira ficou fechada no escritório, hoje dormiu no quarto da sua "mamã" e às oito despertava: "bom dia mamã, dás-me um abracinho? (ou coisa no género).
passado um bocadinho de a ouvir, a Cice chama-me: "oh mãe ela não se cala, não me deixa dormir, acordou-me e está sempre a falar..." ri e respondi-lhe que agora, finalmente, sabia o que era ser acordada quando se tem sono e se quer dormir mais um bocadinho., como ela faz tantas vezes comigo...
não ficou muito convencida e ficou com uma neura de fugir...
quem sai aos seus...